terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Larguem as seringas e peguem as enxadas


 A criatura some, fica meses sem postar nada e quando aparece joga meia dúzia de blá blá blá e dias depois reaparece do nada!!! Advinha porquê ... INDIGNAÇÃO, mais uma vez é ela que a faz ressurgir e dividir suas preocupações cotidianas.

O fato não é recente não, mas o absurdo torna a atualidade irrelevante neste caso. Há alguns meses (talvez dois ou três) uma estudante de enfermagem da UFPel contou, indignada, sobre os absurdos que os alunos do curso vivenciam durante sua formação.

Para começar com os fatos leves, as aulas são continuamente marcadas e desmarcadas de um dia para o outro, sendo os alunos comunicados por e-mail (até parece que vivemos em um país muito informatizados em que todos possuem acesso 24h a internet). Aí você imagina a cena, a Fulana acorda cedo pega ônibus (isso se ela não for assaltada na parada) vai até a Faculdade e descobre que não haverá aula ... o motivo??? é um mistério, mas o cancelamento foi informado por e-mail às 18:30 do dia anterior, se a Fulana trabalha à noite porque é seu único turno livre em função do caótico horário da Universidade a secretária do curso se limita a dizer que não pode fazer nadaaaa ... e isso surpreende alguém ???

Bom, mas nossa historinha continua ... mas aí nossa dedicada Fulana fica sabendo que terá uma aula de recuparação na sexta à noite, como sabemos ela não poderá ir porque precisa trabalhar para pagar pelo seu estudo "gratuíto", mas também como já estamos cientes a UFPel nada tem com isso e lhe dará falta ... para não rodar, ou melhor, para não entrar no plano de melhoria (um termo bonito que eles acharam para nomear a recuperação, a tortura pós barbárie semestral ...) precisa comparecer em todas as próximas "aulas" e advinha??? ... para sorte da Fulana não haverá outra aula surpresa à noite, mas ela é OBRIGADA para garantir sua frequência a participar de um protesto em praça pública contra o Ato Médico ... ninguém perguntou o que ela acha ou não, se ela concorda com a causa ou não, o que interessa é que vale presença e ela PRECISA ESTAR LÁ!!! Fazendo figuração com todos seus coleguinhas que nem sabem o que está sendo reivindicado.

Depois deste dia inteiro de instruções sobre o comportamento antidemocrático, ela se prepara para seu ESTÁGIO OBRIGATÓRIO para o qual ela não teve qualquer orientação ou preparo. Largam a Fulana no CAPES e lhe dão, enfim, uma tarefa!!! Acham que agora ela irá desempenhar seu papel de enfermeira??? ERRARAM FEIO ... a tarefa do dia é: CAPINAR O PÁTIO! mas há outras opções para quem não tem  muita habilidade com a enxada, dá para fazer as unhas das pacientes ou varrer o salão de festas ... qual você escolheria para a futura enfermeira que, talvez um dia, esteja atendo você??? fica a pergunta ... talvez o caríssimo reitor da UFPel consiga responder essa ...ou não né?

2 comentários:

Fabih Caldas disse...

sem comentários.

Odiomar Teixeira disse...

Não acredito!Essa é uma estória fictícia, não é filha? Responde para mim, tá! Bjão.