sexta-feira, 3 de abril de 2009

É Proibido Fumar!

É proibido fumar. Em todo e qualquer lugar é a mesma história. Concordo, mas em termos. Fumar em ambiente fechado é mesmo o fim, não há discussão sobre isso, já se tornou consenso até mesmo entre os fumantes. Agora, falar em chamar a polícia quando alguém estiver fumando, mesmo em ambientes abertos dentro de algum estabelecimento, é um ABSURDO. Escutei isso em algum telejornal e fiquei boquiaberta, pasma mesmo.

Na verdade, a abordagem dada e o discurso dirigido aos fumantes é inadmissível, chocante e por vezes, como toda incoerência, hilariante. O que mais me diverte é a mídia, por anos o cigarro foi enaltecido por ela, criou-se toda uma mítica sedutora em torno do ato de fumar. Lá estavam os galãs com seus cigarros no canto da boca, com olhos semi-fechados e fazendo cara de garanhão. Hoje, o cigarro passou às mãos dos “homens maus”, os vilões, moradores do submundo que aparecem envoltos em fumaça, quase um ícone de sua malignidade e posição periférica. Agora, os bons não fumam, os maus sim!

Tudo bem, dá para entender a postura adotada em função das inúmeras descobertas sobre os malefícios do cigarro, não cabe a um formador de opinião incentivar um vício tão prejudicial à saúde, ok concordamos! Entretanto é preciso que haja um equilíbrio entre a imagem de “galã” e de um “vilão”.

A meu ver o que acontece é que a mensagem de “Fumar causa câncer” foi apreendida socialmente como “Fumantes causam câncer, cuidado com eles!”. Os fumantes passaram a ser vistos como um mal social, como suicidas em potencial, pessoas que não se preocupam nem consigo nem com os outros. Poluidores de pulmões!!! Maus ... uma visão, no mínimo sombria e preconceituosa.

O que me impressiona logo de cara é, que até onde sei, o cigarro é sim uma droga, mas uma droga legalizada que gera um lucro imenso ao Estado. Ao passo que outras drogas como a maconha, por exemplo, são consideradas ilegais e, teoricamente, não reverte em qualquer benefício financeiro, pelo contrário, alimentam o tráfico de armas, as facções criminosas e são responsáveis por um custo gigantesco em programas de recuperação e segurança pública.

Apesar disso, a imagem que se vem introjetando na sociedade é de que o usuário de drogas ilícitas é uma vitima do vicio, um pobre coitado que foi aliciado para o mal, mas que deve ser respeitado, tratado e auxiliado pelo social. Fumar maconha não é caso de policia, é caso médico ... pobrezinhos, eles são reféns do sistema, do vício, dos traficantes malvados. Já os fumantes, estes não! Estes são pessoas conscientes que escolheram fazer mal a sua própria saúde e a alheia, precisam ser excluídos, colocados em fumódromos (que mais parecem jaulas), deixados do lado de fora e, mesmo assim, não em qualquer “fora” porque agora pode ser caso de polícia fumar no pátio de um restaurante, por exemplo. Isso não parece incoerente? Ou estou sendo parcial?

Sinceramente não sei a resposta, mas tenho uma sugestão: proíbam logo o cigarro, tornem o fumo uma droga ilícita. Assim o Estado estará provendo os fumantes de criminosos, suicidas e malfeitores à vítimas inocentes do sistema, do vício, dos traficantes, etc.

4 comentários:

Jéssica Britto disse...

“Fumantes causam câncer, cuidado com eles!, hehe. Amiga, este teu texto abalou!
Eu não fumo e acho sim necessário que lugares como restaurantes proibam de fumar. Mas acho tb que tudo tem limite..
agora devo confessar, sair para balada e voltar cheirando ao seu próprio perfume e não a cigarro, é bem tentador. Desculpa, heheh.
Mesmo assim;;; te adoro!
Bjosssssss

FABIH CALDAS disse...

as pessoas nao pensam mais por si proprias. as fumantes e as nao-fumantes. tens toda a razao em ficar com o pavio curto com toda essa papagaida em relacao aos usuarios de maconha. Maconha faz bem, cigarro faz mal. Entao pq a maconha eh proibida e o cigarro eh legal?

Nao fumo nenhum dos dois. E tbm amo voltar com meu perfume para casa.. mas nao estas sendo imparcial. E toda essa discussao tem o mesmo motivo de todas as outas: a falta de respeito por quem fuma e por quem quer fumar (na rua).

todavia, devias parar. hehehe
AMO!

FABIH CALDAS disse...

eu digo, nao estas sendo PARCIAL! :P o vinho aqui pegando em mim. E isso que eh droga legalizada. :P hauhaiuehaiuehauie

Johnny disse...

Perfeito....